Cotidiano

O que vem dentro do seu desodorante?


Desodorante: o que é e quais são seus componentes? Essa pergunta não costuma ser muito frequente entre as pessoas, já que foram acostumadas, desde pequenas, a utilizar esse produto com o intuito de acabar com o odor das axilas. Dessa maneira, é importante se tornar consciente do que está colocando na sua pele, uma vez que é por ela que o corpo tem contato com o exterior levando os produtos até partes mais internas do organismo.

Primeiramente é necessário colocar que o suor expelido pelas glândulas só fica com cheiro ruim quando entram em contato com fungos e bactérias que vão as decompor em ácido carboxílico. Por isso foram criados os antitranspirantes, que através do alumínio presente em sua composição, forma uma película que entope, por um tempo, os poros que liberam suor. Essa absorção de alumínio na pele através dos sais cloridrato de alumínio, cloreto de alumínio ou complexos alumínicos zirconios é comprovadamente tóxica em altas quantidades se aplicada frequentemente  segundo o Portal Unicamp. Devido às altas concentrações desse composto químico nos seios das mulheres, está sendo desenvolvida uma pesquisa para comprovar que o antitranspirante tem relação com o câncer de mama, mas persiste incompleto no momento.

Outras substâncias são bem comuns de serem achadas, mas que também não são adequadas para a aplicação na pele regularmente. O triclosan age na resistência contra bactérias, danifica o funcionamento dos músculos do corpo, além de funcionar como desregulador endócrino, afetando os hormônios e a tireóide. Além disso,  nos desodorantes está presente o Propilenoglicol, que tem funções hidratante e antioxidante, emulsificante e solvente, mas pode causar irritações, erupções cutâneas e danificar o sistema nervoso central. E por último as fragâncias, que uma vez inaladas podem liberar células inflamatórias que desencadeiam reações alérgicas, percebidas através dos espirros, coceira no nariz, coriza e obstrução nasal, de acordo com Fausto Nakadakari, otorrinolaringologista do Hospital Sírio Libanês em São Paulo.

Sendo assim, para evitar problemas corporais, é indicado o uso de Desodorante Caseiro Natural, que qualquer um pode fazer em casa. Por incrível que pareça, é possível inibir o cheiro resultante do ácido carboxílico nas axilas gastando muito menos sem danificar a saúde.

Receita:

  • ½  xícara de leite de magnésia
  • ½ xícara de água mineral
  • 1 colher de sopa de glicerina
  • ¼ de xícara de álcool líquido
  • 15 gotas de óleo essencial da sua preferência 

Todos os produtos são encontrados em farmácias e em lojas de produtos naturais e duram mais de um ano, basta armazenar a mistura em potinhos de spray que tenha em casa.

É possível mudar a rotina para melhor a saúde tanto dos seres humanos, quanto do planeta, basta trocar alguns produtos no cotidiano que reconciliam a sociedade de consumo com a natureza.